De Zeus ao Povo



O raio na mão de Zeus 

Se tornou caduceu

E o caduceu se tornou cetro

E o cetro se tornou taça 

Servida com vinho

E o vinho embriagou o burguês

E a burguesia se rendeu ao desejo

E o desejo subjugou as massas

As massas ergueram suas mãos aos céus 

Os céus se calaram

E enfim a vida findou.


0 comentários